entidade promotora:

Engenho & Obra
 
   
   

A educação e a cooperação para o desenvolvimento constituem pilares fundamentais para a construção de sociedades mais solidárias, culturas mais dialogantes e para a sustentabilidade planetária.

A concretização de projectos desta natureza passa pela consolidação de esforços tanto das esferas públicas como privadas. Foi exactamente isso que aconteceu e que fez com que o projecto “Ao Sul…” se tornasse uma realidade.

A partir de uma ideia da E&O foi possível estabelecer um consórcio com a AJPaz, ambas ONGD com preocupações em relação ao Desenvolvimento Sustentável.

Fruto das relações privilegiadas que a E&O possui em Angola, designadamente em Malange, foi possível estabelecer com a ADRA um Protocolo global e um Acordo de Parceria com o consórcio estabelecido.

Finalmente, a apresentação de uma candidatura ao IPAD e a sua posterior aprovação, fechou o ciclo orçamental necessário para a realização do projecto.

Assim, o custo total do “Ao Sul…” está orçamentado em 166.558,54 euros para um período de dois anos. No primeiro ano, o valor é de 114.201,37 euros. No Plano de Financiamento para o primeiro ano foi solicitada ao IPAD a verba de 59.134,57 euros. O Consórcio suporta o custo de 15.826,80 euros e o Parceiro Local contribui com USD 6.000,00.